Quando o Head of School, Mike Farrer, chegou à Nobel International School Algarve no passado ano letivo, prometeu que iria tirar os alunos da sua zona de conforto para que estes superem desafios e limites. Em março, um grupo de 22 alunos do Year 10, vai perceber exatamente o que ele pretendia com a sua promessa, através da participação na primeira “Journey of Discovery “ da Nobel Algarve.

“Journey of Discovery” é um conceito que o Sr. Farrer trouxe consigo da África do Sul, afirmou Matthew Harris, o professor de Geografia e Diretor de Turma do Year 10. “Este consiste num ritual de passagem para os jovens.”

Durante uma expedição de oito dias, os alunos irão percorrer terrenos difíceis, praticar caiaque numa barragem, trabalhar em conjunto para instalar e desmontar acampamentos, participar em jogos para o fortalecimento da equipa e em atividades que impõem a resolução de problemas. A viagem está organizada de forma a ser física, emocional e intelectualmente desafiadora. Os alunos terão que avaliar e desenvolver competências que incluem o trabalho de equipa, a comunicação, o planeamento e a improvisação.

“A sociedade de hoje apoia pouco os jovens, principalmente nesta transição de adolescentes para jovens adultos, que pode ser confusa e emocionalmente difícil ”, partilhou o Sr. Harris. “Journey of Discovery” oferece uma oportunidade para os alunos se afastarem dos seus hábitos quotidianos, refletirem sobre a sua origem e de tomarem decisões sobre o melhor caminho para o seu futuro e o tipo de adulto em que se querem tornar.

Durante a viagem, os alunos irão ter os seus próprios diários onde anotarão considerações relativas aos temas sobre os quais são convidados a refletir. Os alunos são livres para registarem esta experiência introspectiva como entenderem. Realizarão, ainda, apresentações em grupo para compartilharem o que aprenderam e descobriram.

“Esta é uma valiosa jornada de auto-descoberta, durante a qual os alunos irão testar os seus próprios limites e terão a oportunidade de olhar para dentro de si mesmos e perceber quem são e o que querem”, disse o Mr. Farrer. “Não há telemóveis, tablets, nem entregas de pizza. Existirá apenas natureza, ar livre e a oportunidade para superar as dificuldades, refletir profundamente sobre o seu lugar na vida, e perspetivar sobre o seu futuro. Este é o principal objetivo desta experiência – A jornada da auto-decoberta”.

Matthew Harris, com vasta experiência neste tipo de atividades, planeou o itinerário e será o guia desta viagem. Antes de se tornar professor, liderou expedições na natureza selvagem da Escócia, treinando jovens vulneráveis ​​para desenvolverem suas capacidades pessoais e sociais. Tem formação em primeiros socorros na montanha e é treinador de caiaque de nível 3. Possui também um certificado de salva-vidas de canoagem. Matthew Harris planeou especificamente esta aventura para que os alunos a experienciem de uma forma desafiante, dura até, mas também, maravilhosa e memorável.

“Enquanto os alunos estiverem compenetrados na descoberta física dos lugares selvagens que os rodeiam”, partilhou o Sr. Harris, “a principal descoberta será sobre eles mesmos”.